OBRA     AUTOR
         


Vitrola dos Ausentes
Clique aqui e leia um trecho.


Nova Edição



Clique aqui e leia.


DEMAIS LIVROS


Glaucha
Clique aqui e leia um trecho.



Iberê
Clique aqui e leia um trecho.




Valsa dos Aparados
Clique aqui e leia um trecho.




Missa para Kardec
Clique aqui e leia um trecho.



Quando cai a neve no Brasil
Clique aqui e leia um trecho.


Cozinha Gorda
Clique aqui e leia um trecho.


As luas que fisgam o peixe
Clique aqui e leia um trecho.

Coletâneas


Meia encarnada, dura de sangue
Clique aqui e leia um trecho.



Cem Menores Contos

Clique aqui e leia um trecho.



Contos Cruéis

Clique aqui e leia um trecho.



Contos do Novo Milênio

Clique aqui e leia um trecho.




 

sexta-feira, junho 10

Chegaram os Americanos (prelo)


Eis, em primeira mão, a capa do novo livro do escritor Paulo Ribeiro, Chegaram os Americanos. Feito uma caixa de guardados decalcada pelo tempo, a imagem tem ícones significativos da nova obra, um cavalo no campo, uma Wagon e um cinegrafista. Misturando essas referências, eis a trama deste romance-reportagem: em plena Segunda Guerra, chega a Porto Alegre o americano Gregg Toland, diretor de fotografia de No Tempo das Diligências e cinegrafista de Cidadão Kane, quando inventou o conceito de profundidade de campo no cinema. Ele vem para filmar o desenvolvimento industrial, monumentos e pontos importantes, além de realizar entrevistas com autoridades. Segundo periódicos da época, Toland esteve até mesmo em Caxias para registrar os parreirais.

No livro, Ribeiro leva Gregg Toland para Bom Jesus, ciceroneado pelo jornalista Justino Martins, então editor da Revista do Globo e cunhado de Erico Verissimo. Na paisagem dos Campos de Cima da Serra, que é recorrente na obra do escritor, os personagens convivem com ideias nazistas, fascistas e integralistas, além da oposição entre espíritas e católicos. Em Bom Jesus o lançamento será dia 16 de julho, no aniversário da cidade. O livro sai pela editora Modelo de Nuvem. E a capa aqui apresentada é uma criação conjunta de Camila Cornutti, Fabiano Scholl e Marco de Menezes, sobre foto de Scholl.
Com este título, Ribeiro fecha uma pentalogia que tem a sua “Bonja” como cenário.

Carlinhos Santos, Coluna 3X4, Pioneiro, 09.06.2011.

Links to this post:

Criar um link

<< Home